Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezoito e quarenta

O BRUNCH DO CAFÉ JANIS

21.09.18

DSC05761.jpg

A primeira vez que passei a porta número 1 na Rua da Moeda, foi para descobrir a La Crêparie da Ribeira. Desde esse dia até ao seu inesperado fecho fui uma cliente assídua, tornando-o o meu espaço parisiense favorito na cidade. Depois da Crêparia, as portas daquele pequeno espaço voltaram a abrir para receber o Hansi com as suas salsichas austríacas, e apesar de também ter gostado muito do restaurante, confesso que nunca me fez esquecer o espaço anterior. 

Foi por isso mesmo que fiquei super entusiasmada quando percebi que o fecho do então Hansi, daria lugar a abertura do Café Janis, um café que prometia trazer novamente o ambiente parisiense que tanto associo aquele lugar. E assim como prometeram, também cumpriram. Forrado de plantas, com várias pequenas mesas de marmore e uma esplanada virada totalmente para a rua, é impossível não associarmos o Café Janis a uma das ruas da capital Francesa.

DSC05749.jpg

Dado que a minha primeira visita ao espaço calhou numa manhã de sábado, a escolha revelou-se óbvia, não fosse eu uma fã incondicional de um bom brunch. No Café Janis este é composto por uma bebida quente à escolha, uma de três bebidas frias - sumo de laranja, mimosa ou bloody mary -, e um de quatro pratos a escolha, e para finalizar somos ainda convidados a escolher entre o Banana Bread com mascarpone de expresso ou um iogurte com granola, fruta, sementes de chia e mel. 

DSC05755.jpg

DSC05757.jpg

DSC05766.jpg

Se o sumo de laranja e o banana bread foram decisões imediatas, a escolha do prato revelou-se tão dificil que dos quatros pratos disponiveis no menu de brunch, três acabaram por vir parar a nossa mesa: O full hearty breakfast um prato muito bem servido com ovos mexidos, espinafres, halloumi grelhado, presunto parma e tomates cerejas assados (também traz cogumelos mas nós pedimos para retirar já que eu sou alérgica). A Avo Tost, uma belissima tosta de abacate com tomates cereja assados, ervas frescas, chill e um ovo escalfado. E por fim, o Janis Special Bun, um pão adocicado com espinafres, pepino, molho janis, ovo frito, queijo emmental, agrião fresco, pickles, e pancetta grelhada. 

Nenhum dos pratos desiludiu mas foram os últimos dois que mais me ficaram na memória. A tosta de abacate por ser muito bem servida e equilibrada e o Janis Special Bun por conseguir unir todos os ingredientes na perfeição. Porém e ainda que tenha adorado tudo, foi o banana bread que ganhou um espaço muito especial no meu coração! Que bom maravilhoso: húmido, com um sabor intenso e que combina na perfeição com o mascarpone de espresso. 

O brunch tem um valor de 18€ e não só pela qualidade dos produtos, como pelo espaço e pela simpátia no atendimento, eu acho que vale cada cêntimo. Não só pelo maravilhoso brunch, mas por me devolver o meu cantinho parisiense, aqui fica o meu agradecimento ao Café Janis e a promesa que voltarei muitas e muitas vezes. 

DSC05759.jpg

DSC05752.jpg

Como apontamentos lembrem-se destes:

 

De comer e chorar por mais: Banana Bread com mascarpone de café

A cereja no topo do bolo: A decoração que em segundos nós coloca numa qualquer rua de Paris

De torcer o nariz: É válido torcer o nariz aos muitos turistas?

 

Café Janis Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 comentários

Comentar post